quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

GENTE TÓXICA

Muitas vezes, permitimos que entrem no nosso círculo mais íntimo os fofoqueiros, os invejosos, as pessoas autoritárias, os psicopatas, os orgulhosos, os medíocres, enfim, gente tóxica, pessoas equivocadas, que permanentemente avaliam o que você falou, o que fez e por que realizou ou disse algo (ou por que não fez ou não disse). 
São pessoas tóxicas que potencializam nossas debilidades, nos enchem de cargas e frustrações. Certamente, elas sabem tudo o que acontece na vida alheia, mas se esquecem de ver o que está dentro delas.
Não permita que ninguém tenha o controle da sua vida, nem boicote seus sonhos!
Conecte-se com as pessoas certas. Confie em si mesmo.
Você está capacitado para isso!
Se seu propósito e seus sonhos forem claros, você poderá ter o controle de suas emoções e de decidir quem quer escolher para acompanhá-lo.
O problema começa quando decidimos quem nos acompanhará muito antes de ter claro onde queremos chegar.
O propósito de sua vida é seu, e só você deve desenhá-lo.
A solução está em você. Desafie-se cada dia mais, muito mais.
Algumas pessoas darão valor a seus sonhos.
Outras irão menosprezar tudo a que você se propôs.
Não dê valor a nenhuma daquelas palavras ou sugestões que provenham dos “tóxicos”.
Aquele que não se alegrar pelo seu avanço, ou pelos seus sonhos, que diga o que quiser, você deve prosseguir em direção à sua meta; não se amarre a quem não se alegrar com seus êxitos. Dispense a opinião da gente tóxica, livre-se dos críticos e será livre de cada uma de suas palavras e ações.
Não idealize.
Não espere nada de ninguém.
Devemos aprender a negociar, sem ceder, no entanto, aos nossos direitos, pois eles nos pertencem. Dispomos de duas palavras imprescindíveis: “sim” e “não”; ambas nos servirão e serão de grande ajuda para resolver qualquer diferença que possamos ter em nossos vínculos interpessoais. Vivemos imersos em uma sociedade, somos seres sociais e, portanto, precisamos aprender a nos relacionar saudavelmente.
Bem vindo ao mundo dos humanos! É difícil, porém é possível.

Bernardo Stamateas – Do livro “GENTE TÓXICA – Como lidar com pessoas difíceis e não ser dominado por elas”

http://www.gentetoxica.com.br/gentetoxica/downloads/gente.pdf

13 comentários:

  1. Uma das minhas fotos
    preferidas enfeitava
    uma linda casa aqui no Japão

    ResponderExcluir
  2. Olá Rose querida!
    Texto maravilhoso, minha amiga! Maravilhoso!
    Realmente é muito importante saber o próprio valor para que as "pragas" que vem de fora não nos atinja e nem domine a nossa vida. Pessoas sempre falarão umas das outras, mas cabe a cada um saber de sua personalidade e continuar construindo o seu caminho, sem desviar de suas metas e nem se desprender de seus valores.
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  3. Olá Rose!
    Nossa o texto é uma verdade.
    Ontem lendo um texto relacionado a essa questão tinha grifado uma lição de Chico Xavier:
    “Numa viagem de mil quilômetros, não nos podemos considerar vitoriosos senão depois de chegarmos à meta almejada, porque nos dez últimos metros, a ponte que nos liga ao ponto de segurança pode estar caída e não atingiremos o local para onde nos dirigimos.”
    Adorei o texto,muito bom.
    Bjos em seu coração com cheirinho de Jasmin.

    ResponderExcluir
  4. Good....ótimo texto...parabéns!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Que texto digno!
    Realmente, se você tem um propósito pode começar a ver aqueles que lhe serão úteis para tal. Mas a seleção deve acontecer, sim!
    É imprescindível que se faça escolhas certas.
    Pois é, somos humanos e às vezes erramos, mas temos que reconhecer o erro e, quando enxergado, solucioná-lo o mais rápido possível!
    A vida é breve, portanto, não demore para traçar seu caminho! E siga.

    Um grande beijo do seu novo seguidor!

    ResponderExcluir
  6. Existe muitas pessoas ''tóxicas'' mesmo. Muitas vezes, me vejo triste por ter pessoas desse tipo na minha vida. Pessoas que, quando têm a oportunidade, fazem questão de colocá-lo pra baixo. Mas, nesse instante, eu lembro como tem também pessoas boas nesse mundo, que, quando for preciso, não medirão esforços para nos ajudar.

    ResponderExcluir
  7. Olá Rose querida!
    Gostei do texto. Temos sempre que tentar evitar ou, pelo menos, não se deixar abater por "pessoas tóxicas". Buscar nosso caminho ao lado de quem nos apóia é fundamental.
    Gostei da foto da coruja do post. Muito bacana.
    Beijos, Fernandez.

    ResponderExcluir
  8. Excelente texto,a incapacidade de muitos é o refletido nos seus atos de inveja e criticas,mas se você focar sempre seu objetivo não há nada que derrube seus sonhos e metas alcançadas por um nobre mérito e merecimento sem passar por cima de ninguém,esse tipo de pessoa finja que a escuta depois esqueça de suas palavras invejosas,meu querido pai sempre dizia,dor de barriga não dá uma vez só,um dia irão precisar de você,rs,rs..(ditado popular antigo)

    ResponderExcluir
  9. Rose,
    O texto é bem real. Essas pessoas existem no nosso dia a dia e por vezes até são trazidas para a nossa vida, pelas nossas próprias mãos. Há que evitá-las mesmo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Mto bom o texto. Não podemos permitir que as amarras invisíveis nos impeçam de continuar buscando.
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Estou visitando este cantinho e amei este texto,vou procurar este livro,gostaria de participar no meu blog Chá da ta tarde-no chá deliteratura?conido você,para visitar...estou seguindo seu blog beijo
    http://selmaris.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Rose, como nada em minha vida é por acaso e nunca entro ou faço comentarios sem antes pensar bem no que vou comentar, portanto esse comentário é mesmo alertador dos maus fluidos de pessoas que intencionalmente ou não, aparecem em nossas vidas, mas elas são colocadas pela vida exatamente para isso, despertar a nossa compaixão e se não podemos ajudá-las, podemos sim alertá-las desse comportamento que as vezes nem elas percebem ou sabem, pois é, nem todas as pessoas têm coragem de conversar e esclarecer que há coisas ruins e que poderiam melhorar, portanto tudo na vida é assim, "toxicidade" das almas pode com o tempo ser sanadas como doenças, é o que penso.
    Abraços.
    Ivone poemas
    henristo.blogspot.com

    ResponderExcluir